7 mudanças na alimentação que você precisa fazer para ser uma pessoa mais saudável!

1- Abusar dos vegetais em suas refeições diárias

Abusar dos vegetais

O consumo dos vegetais são essenciais para uma alimentação saudável, isso porque esses alimentos contêm nutrientes como fibras, vitaminas e minerais, que são fundamentais para as funções vitais do corpo.

Você sabia que as cores dos vegetais dizem muito sobre eles?

Sim, isso mesmo! Isso porque elas indicam a variedade nutricional e os benefícios que podemos adquirir ingerindo-os.

A ciência nutricional divide alguns grupos de cores para distinguir os benefícios dos vegetais. são eles: Verde, laranja, vermelho, violeta (ou roxo) e branco.

Os vegetais vermelhos, por exemplo, como o pimentão e tomate são ricos em licopeno, uma substância que age como um poderoso antioxidante que previne alguns tipos de câncer.

Já os vegetais de cor laranja, como a abóbora e cenoura possuem grande quantidade de betacaroteno e vitamina C, que fortalecem o sistema imunológico.

Os vegetais de cor branca, como a couve-flor, alho e cebola possuem uma alta concentração de cálcio, que são essenciais para dentes e ossos, metabolismo e para o funcionamento do sistema nervoso e dos músculos, além de ajudar na regulação dos batimentos cardíacos.

Já os vegetais de cor verde, como o brócolis, rúcula, alface, espinafre e pimentão são vegetais ricos em clorofila, fibras, luteína, vitaminas A, B5, B9, B12, C e K. Todos esses nutrientes são muito importante em uma alimentação saudável, além de serem cruciais para quem busca emagrecer de forma natural.

E os vegetais de cor violeta ou roxo, são ricos em ferro e vitamina B1. Esses vegetais são responsáveis por retardar o envelhecimento das células, auxiliando na preservação da memória e na saúde do coração. Os vegetais que ser enquadram nesse grupo é a berinjela, cebola roxa, beterraba e repolho roxo.

2- Trocar o óleo de cozinha tradicional pelo óleo de coco

Óleo de coco

O óleo de coco é um alimento muito versátil e nutritivo, ele pode muito bem ser o substituto do tradicional óleo de cozinha.

O motivo é que o óleo de coco possui gorduras saudáveis de fácil digestão.

Isso porque a maior parte das gorduras que consumimos demoram mais para serem digeridas, mas os ácidos graxos encontrados no óleo de coco são mais fáceis de digerir, não são prontamente armazenados como gordura, são antimicrobianos e antifúngicos e permitem uma permeabilidade celular mais fácil para energia imediata.

Além disso, o que faz o óleo de coco ser ótimo para cozinhar é seu fácil armazenamento e maior durabilidade. O óleo de coco costuma ser sólido à temperatura ambiente e pode ser armazenado de forma segura e fácil por muito tempo.

O óleo de coco para cozinhar incluem efeitos estimulantes da tireoide, as propriedades antienvelhecimento, diminuição dos níveis de colesterol LDL, propriedades antibacterianas, antimicrobianas, antivirais e antifúngicas que previnem doenças, efeitos anticâncer e contribuição para a perda de peso.

Leia também:

Gengibre: porque devemos consumi-lo?

Você conhecer os benefícios do ginkgo biloba?

3- Beber água

Para ter uma alimentação saudável é preciso beber muita água.

Afinal, beber água possui diversos benefícios para a saúde. Seu consumo pode ajudar no processo de emagrecimento, além de ser fundamental para diversos processos no organismo, como regulação da temperatura corporal e melhora da digestão.

Para ter todos os benefícios da água, deve-se ingerir 1 a 2 litros de água por dia, que não devem ser substituídos por sucos ou refrigerantes.

Se você tem dificuldade para ingerir água, assista o vídeo abaixo:

4- Incluir uma fruta como sobremesa no almoço e janta

Incluir uma fruta como sobremesa

A fruta é um alimento de uma riqueza nutricional indiscutível, elas são ricas em fibras, vitaminas e água. As fibras das frutas reduzem o risco de doenças cardiovasculares, diabetes mellitus tipo II, cancro colo-rectal e melhoria do trânsito intestinal.

E incluir uma fruta após a refeição pode ser uma mudança muito positiva. Isso porque a refeição deve ser considerada finalizada com a sobremesa mais saudável que existe.

Além disso, a fruta contribui para a redução de apetite por doce e evita que você recorra a sobremesas calóricas no final da refeição, o que pode facilita o ganho de peso.

5- Diminuir o consumo de sódio

Sódio

O sódio é um mineral importante para nossa saúde. Entretanto, em excesso pode trazer sérios problemas de saúde.

A principal função do sódio é equilibrar a quantidade de água no organismo, juntamente com o potássio. Enquanto o sódio retém os líquidos, o potássio provoca a excreção, de modo que as células fiquem com a quantidade certa de água.

O consumo correto do sódio pode trazer muitos benefícios a saúde. Ele por exemplo, participa do fornecimento de energia para o organismo. Isto porque ele age no metabolismo de carboidratos, proteínas e gorduras, transformando estes macronutrientes em energia para o corpo.

O sódio também participa do processo de contrações musculares. Assim, a ausência deste mineral leva a uma fraqueza muscular.

Mas o excesso de sódio pode causar uma série de problemas de saúde como a hipertensão. O motivo é porque o mineral leva a grande quantidade de água no organismo, que aumentará a quantidade de sangue para os tecidos.

Com mais sangues as artérias e veias se dilatam, aumentando de diâmetro, causando o aumento da pressão arterial.

Com o aumento da quantidade de sangue, aumenta também o trabalho do coração. Afinal, é ele que terá que bombear o volume extra. Com o tempo, tanto esforço irá resultar em problemas cardíacos.

6- Consumir na janta alimentos que favorecem o sono

Alimentos que favorecem o sono

O sono é muito importante para a nossa saúde. Ele ajuda a fortalecer a capacidade do organismo para combater infecções, melhora nosso sistema imunológico a ficar mais forte, principalmente em situações de estresse.

Por isso, incluir na janta alimentos que favorecem o sono é uma ótima estratégia para dormir bem.

No geral, existe uma substância que favorece o trabalho do nosso corpo em restabelecer o equilíbrio durante a noite: o triptofano.

O triptofano aumenta a produção da serotonina, que é uma substância conhecida como o hormônio do bom humor, que tem poder sedativo e ajuda a induzir e melhorar o sono.

Os alimentos ricos em triptofano são os alimentos ricos em proteína como carne, peixe, ovo ou leite e derivados.

Além do triptofano, existem outros alimentos que contêm vitaminas e minerais importantes para o sono, como a vitamina B6, vitamina C e magnésio.

A lista abaixo são de alimentos que favorecem uma boa noite de sono:

  • Cenoura;
  • Kiwi;
  • Ervilha;
  • Azeite;
  • Espinafre;
  • Atum;
  • Banana;
  • Acerola;
  • Laranja;
  • Limão;
  • Melão;
  • Tangerina;
  • Alho;
  • Ameixa seca;
  • Melancia;
  • Morango;
  • Nozes;
  • Acelga.

7- Consumir ervas medicinais

Ervas medicinais

O uso de ervas medicinais podem ser um ótimo complemento para combater doenças e fortalecer o sistema imunológico contra infecções, gripes e resfriados.

A erva cidreira, por exemplo, alivia dores de cabeça e gases intestinais, a cidreira também é sedativa, analgésica, calmante, diurética, hipotensora, depurativa e expectorante.

A marapuama é uma erva estimulante que combate o cansaço e ajuda no tratamento da depressão nervosa.

Já o ginseng tem um efeito revitalizante que combate o estresse e melhora a circulação sanguínea. Além disso o ginseng estimula às funções sexuais, melhorando o desempenho na cama.

O boldo é uma erva que pode curar a ressaca e combater a prisão de ventre. Além disso, tem contém propriedades que ajudam na queima de gorduras e a tratar transtornos do fígado.

Para os que buscam um calmante natural, a camomila pode ser excelente. A camomila também alivia enxaqueca, diminui dores do dente, alivia enjoos, tonifica a pele e reduz febres intermitentes.

A lista abaixo são de mais ervas medicinais que você pode estar incluindo em sua alimentação:

  • Erva doce;
  • Porangaba;
  • Carqueja;
  • Marcela do Campo;
  • Hibisco;
  • Hortelã;
  • Canela;
  • Chá preto;
  • Chá verde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *